segunda-feira, 22 de agosto de 2016

MENSAGEM DA PRESIDENTA - Os Jogos Rio 2016 chegam ao fim



Gleisi Hoffmann
5 h
MENSAGEM DA PRESIDENTA
Os Jogos Rio 2016 chegam ao fim com mais uma bela vitória brasileira. 
Parabéns ao time tricampeão, que arrasou no voleibol ganhando por 3x0.

Nossos atletas se superaram e o Brasil bateu o recorde de medalhas em Jogos 
Olímpicos, totalizando 19 nos Jogos Rio 2016. O número de medalhas de ouro
 do Time Brasil nestes Jogos também é o maior já conquistado em Olimpíadas: 
são 7.
Subir da 22ª posição, em Londres, para a 13ª, em casa, é motivo de muito 
orgulho para o Brasil. Parabéns a todos os atletas, treinadores, equipes técnicas,
 familiares e torcedores!

Fico feliz por ter participado, desde o início, da construção dessa festa, 
contribuindo para que o País e nossos atletas estivessem preparados.

O apoio do ‪#‎BrasilMedalhas‬ foi fundamental para nossos atletas, assim como do
 Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas. A rede de centros 
de treinamento de várias modalidades, espalhados por todo o País, com certeza
 auxiliará na formação de novas gerações campeãs.

Dilma Rousseff.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Da Presidenta da República Dilma Rousseff AO SENADO FEDERAL E AO POVO BRASILEIRO



BLOG DA DILMA
4 h
Mensagem da Presidenta da República Dilma Rousseff
AO SENADO FEDERAL E AO POVO BRASILEIRO
Brasília, 16 de agosto de 2016
Dirijo-me à população brasileira e às Senhoras Senadoras e aos Senhores Senadores para manifestar mais uma vez meu compromisso com a democracia e com as medidas necessárias à superação do impasse político que tantos prejuízos já causou ao País.
Meu retorno à Presidência, por decisão do Senado Federal, significará a afirmação do Estado Democrático de Direito e poderá contribuir decisivamente para o surgimento de uma nova e promissora realidade política.
Minha responsabilidade é grande. Na jornada para me defender do impeachment me aproximei mais do povo, tive oportunidade de ouvir seu reconhecimento, de receber seu carinho. Ouvi também críticas duras ao meu governo, a erros que foram cometidos e a medidas e políticas que não foram adotadas. Acolho essas críticas com humildade e determinação para que possamos construir um novo caminho.
Precisamos fortalecer a democracia em nosso País e, para isto, será necessário que o Senado encerre o processo de impeachment em curso, reconhecendo, diante das provas irrefutáveis, que não houve crime de responsabilidade. Que eu sou inocente.
No presidencialismo previsto em nossa Constituição, não basta a desconfiança política para afastar um Presidente. Há que se configurar crime de responsabilidade. E está claro que não houve tal crime.
Não é legítimo, como querem os meus acusadores, afastar o chefe de Estado e de governo pelo “conjunto da obra”. Quem afasta o Presidente pelo “conjunto da obra” é o povo e, só o povo, nas eleições.
Por isso, afirmamos que, se consumado o impeachment sem crime de responsabilidade, teríamos um golpe de estado. O colégio eleitoral de 110 milhões de eleitores seria substituído, sem a devida sustentação constitucional, por um colégio eleitoral de 81 senadores. Seria um inequívoco golpe seguido de eleição indireta.
Ao invés disso, entendo que a solução para as crises política e econômica que enfrentamos passa pelo voto popular em eleições diretas. A democracia é o único caminho para a construção de um Pacto pela Unidade Nacional, o Desenvolvimento e a Justiça Social. É o único caminho para sairmos da crise.
Por isso, a importância de assumirmos um claro compromisso com o Plebiscito e pela Reforma Política.
Todos sabemos que há um impasse gerado pelo esgotamento do sistema político, seja pelo número excessivo de partidos, seja pelas práticas políticas questionáveis, a exigir uma profunda transformação nas regras vigentes.
Estou convencida da necessidade e darei meu apoio irrestrito à convocação de um Plebiscito, com o objetivo de consultar a população sobre a realização antecipada de eleições, bem como sobre a reforma política e eleitoral.
Devemos concentrar esforços para que seja realizada uma ampla e profunda reforma política, estabelecendo um novo quadro institucional que supere a fragmentação dos partidos, moralize o financiamento das campanhas eleitorais, fortaleça a fidelidade partidária e dê mais poder aos eleitores.
A restauração plena da democracia requer que a população decida qual é o melhor caminho para ampliar a governabilidade e aperfeiçoar o sistema político eleitoral brasileiro.
Devemos construir, para tanto, um amplo Pacto Nacional, baseado em eleições livres e diretas, que envolva todos os cidadãos e cidadãs brasileiros. Um Pacto que fortaleça os valores do Estado Democrático de Direito, a soberania nacional, o desenvolvimento econômico e as conquistas sociais.
Esse Pacto pela Unidade Nacional, o Desenvolvimento e a Justiça Social permitirá a pacificação do País. O desarmamento dos espíritos e o arrefecimento das paixões devem sobrepor-se a todo e qualquer sentimento de desunião.
A transição para esse novo momento democrático exige que seja aberto um amplo diálogo entre todas as forças vivas da Nação Brasileira com a clara consciência de que o que nos une é o Brasil.
Diálogo com o Congresso Nacional, para que, conjunta e responsavelmente, busquemos as melhores soluções para os problemas enfrentados pelo País.
Diálogo com a sociedade e os movimentos sociais, para que as demandas de nossa população sejam plenamente respondidas por políticas consistentes e eficazes. As forças produtivas, empresários e trabalhadores, devem participar de forma ativa na construção de propostas para a retomada do crescimento e para a elevação da competitividade de nossa economia.
Reafirmo meu compromisso com o respeito integral à Constituição Cidadã de 1988, com destaque aos direitos e garantias individuais e coletivos que nela estão estabelecidos. Nosso lema persistirá sendo “nenhum direito a menos”.
As políticas sociais que transformaram a vida de nossa população, assegurando oportunidades para todas as pessoas e valorizando a igualdade e a diversidade deverão ser mantidas e renovadas. A riqueza e a força de nossa cultura devem ser valorizadas como elemento fundador de nossa nacionalidade.
Gerar mais e melhores empregos, fortalecer a saúde pública, ampliar o acesso e elevar a qualidade da educação, assegurar o direito à moradia e expandir a mobilidade urbana são investimentos prioritários para o Brasil.
Todas as variáveis da economia e os instrumentos da política precisam ser canalizados para o País voltar a crescer e gerar empregos.
Isso é necessário porque, desde o início do meu segundo mandato, medidas, ações e reformas necessárias para o país enfrentar a grave crise econômica foram bloqueadas e as chamadas pautas-bomba foram impostas, sob a lógica irresponsável do “quanto pior, melhor”.
Houve um esforço obsessivo para desgastar o governo, pouco importando os resultados danosos impostos à população. Podemos superar esse momento e, juntos, buscar o crescimento econômico e a estabilidade, o fortalecimento da soberania nacional e a defesa do pré-sal e de nossas riquezas naturais e minerárias.
É fundamental a continuidade da luta contra a corrupção. Este é um compromisso inegociável. Não aceitaremos qualquer pacto em favor da impunidade daqueles que, comprovadamente, e após o exercício pleno do contraditório e da ampla defesa, tenham praticado ilícitos ou atos de improbidade.
Povo brasileiro, Senadoras e Senadores,
O Brasil vive um dos mais dramáticos momentos de sua história. Um momento que requer coragem e clareza de propósitos de todos nós. Um momento que não tolera omissões, enganos, ou falta de compromisso com o país.
Não devemos permitir que uma eventual ruptura da ordem democrática baseada no impeachment sem crime de responsabilidade fragilize nossa democracia, com o sacrifício dos direitos assegurados na Constituição de 1988. Unamos nossas forças e propósitos na defesa da democracia, o lado certo da História.
Tenho orgulho de ser a primeira mulher eleita presidenta do Brasil. Tenho orgulho de dizer que, nestes anos, exerci meu mandato de forma digna e honesta. Honrei os votos que recebi. Em nome desses votos e em nome de todo o povo do meu País, vou lutar com todos os instrumentos legais de que disponho para assegurar a democracia no Brasil.
A essa altura todos sabem que não cometi crime de responsabilidade, que não há razão legal para esse processo de impeachment, pois não há crime. Os atos que pratiquei foram atos legais, atos necessários, atos de governo. Atos idênticos foram executados pelos presidentes que me antecederam. Não era crime na época deles, e também não é crime agora.
Jamais se encontrará na minha vida registro de desonestidade, covardia ou traição. Ao contrário dos que deram início a este processo injusto e ilegal, não tenho contas secretas no exterior, nunca desviei um único centavo do patrimônio público para meu enriquecimento pessoal ou de terceiros e não recebi propina de ninguém.
Esse processo de impeachment é frágil, juridicamente inconsistente, um processo injusto, desencadeado contra uma pessoa honesta e inocente. O que peço às senadoras e aos senadores é que não se faça a injustiça de me condenar por um crime que não cometi. Não existe injustiça mais devastadora do que condenar um inocente.
A vida me ensinou o sentido mais profundo da esperança. Resisti ao cárcere e à tortura. Gostaria de não ter que resistir à fraude e à mais infame injustiça.
Minha esperança existe porque é também a esperança democrática do povo brasileiro, que me elegeu duas vezes Presidenta. Quem deve decidir o futuro do País é o nosso povo.
A democracia há de vencer.
Dilma Rousseff
Fan Page Blog da Dilma: www.facebook.com/BlogDilmaRousseff

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Panos e Art: Kit de Toalhas

Panos e Art: Kit de Toalhas: Boa noite amores, Após idas e vindas com doença na família, estou voltando com muita vontade de trabalhar. Comecei por esses conjuntos de ...

domingo, 29 de maio de 2016

Carta Aberta a Marcela Temer - Tema, Deboche a PresidentA Dilma






Carta Aberta a Marcela Temer

Causou-me surpresa, num primeiro momento, ver ‘prints’ de uma mensagem supostamente feita do perfil social seu, e de quem se acha na  condição de primeira dama do Brasil, pela deselegância e extremo mau gosto. 

Bom, pensei cá com meus botões:
 _Pode  bem ser um perfil ‘fake’, então deixa pra lá! Porém, mais tarde, deparo com uma matéria feita por uma dessas revistas, que fazem inveja as antigas Donas Marocas; confirmando a autenticidade do perfil. 
Ai, fui dar uma olhada no tal perfil social da pessoa, identificado como, rs!, desculpe, não deu pra segurar. –Marcela Temer- “Pessoa pública” ??? 

Como é de  hábito, passei a refletir sobre a coisa toda, e decidi que cabia bem esta missiva aberta a senhora, dona do tal perfil, e não pretendo faltar-lhe com o devido respeito, forma natural com que trato todas mulheres, independente de sua posição ou pretensa posição, pois antes de tudo trata-se de um ser humano e mulher!

Suas palavras Marcela, me levaram a analisar, tudo o que tenho visto e lido sobre a PresidentA Dilma, e outras Mulheres que ocuparam posição de destaque; _ os tais (perfis públicos), junto a seus  maridos na política; e não me recordo de ter visto de alguma, atitude de tamanha deselegância quanto esta sua!

É interessante,  e nem pude deixar de observar aqui, os diferentes caminhos trilhados entre você e a Presidenta Dilma: _Na mesma idade, enquanto ela guerrilhava lutando pelo que acreditava ser a melhor forma de fazer algo positivo e engrandecedor pelo seu país e respectivo povo, você desfilava pelas passarelas, em espetáculos que a despeito da exposição das belezas físicas natural na mulher brasileira, é algo pessoal e tão efêmero, quanto  o é para uma bela rosa desabrochada  ou um baile de debutante, cujos momentos podem ficar  gravados em fotos e filmes, e passam a fazer parte de um passado tão logo acabe o baile! 

Nada contra, muito pelo contrário, eu também gosto de ver pessoas bonitas, flores belas e bailes de debutantes; afinal, quem não gosta? 
Mas eles duram o quanto duram, e no amanhecer de uma nova etapa da vida, são só lembranças...! 
Mas, a Guerrilheira da nossa conversa, não ficou apenas  nos registros dos boletins policiais e nos arquivos jornalísticos, porque Ela amadureceu, de moça, se tornou mulher, esposa, mãe,avó e, pasme; PresidentA do Nosso País, aprovada pela maioria da população votante. E por duas vezes seguidas!

  E tudo isso, enquanto você, gastava suas reservas intelectuais no fatigante exercício de tentar parar o tempo do seu baile de debutante e passarelas!
 Ok! Nada contra, claro, cada um escolhe seu próprio caminho, faz suas próprias semeaduras e as colhe compulsoriamente, no amanhã!

Enquanto isso, um horroroso e sujo golpe está sendo cuidadosamente montado, para usurpar o cargo da Presidenta legitimamente eleita pelo povo. 
Nossa tão sonhada Democracia corre perigo! 
As conquistas de um povo, sonhadas a séculos, e conquistada a custa de muitas vidas e muito sangue derramado _(Já se deu ao trabalho de conhecer nossa história? Recomendo!), _estão por um triz! 
E o ‘seu’ marido é peça chave, neste sujo golpe; e as coisas podem piorar, e muito! (Desculpe-me pela redundância, já que não tenho notícia de um golpe limpo!), mas  sigamos: Eu poderia ficar aqui, tecendo reflexões para tentar chegar onde  pretendo: Levá-la a repensar suas palavras,e talvez quem sabe, ajuda-la a um pedido de  perdão ao povo e seus seguidores de ‘figura pública’’, que não ferem, nem atingem  Dilma Rousseff, cuja, a vida tratou de talhar a ‘’ferro e a fogo’’, preparando-A, como se lapida o mais puro diamante, para chegar onde chegou até aqui e além! 

Você, que se sente uma ‘primeira dama’, agrediu cada um dos mais de 54 milhões de eleitores, da Dilma, além dos reconhecidos midiaticamente outros brasileiros eleitores de outros 26 (?) partidos, cujas opiniões são claramente a favor Dela e CONTRA o GOLPE, ou seja, contra o sr. Seu marido! 
Consegue imaginar?  

Pois é! Rede Social, é coisa séria! 

Podemos  considerar que como a flecha lançada, não tem volta, não tem como reconsiderar seu curso. Enviou, acabou! 
Aguente as consequências! 

Devo dizer, que o que você fez, foi como um batismo, estará impresso em sua tez, para o resto da vida, ou no mínimo pelo resto  do tempo que durar  o golpe de seu marido e sua gangue. 

–Me desculpe por isto também, mas você não é mais uma menininha ingênua e toda mulher (esposa) que se prese, tem o dever de conhecer  seu homem e suas façanhas, sejam elas honradas ou não; temos a nosso favor a intuição feminina, uma dádiva  divina, que consegue ver onde ninguém mais consegue; portanto...!

Bom, sigamos: Sua atitude nas redes sociais, deixou claro, o quanto de descomprometida e pior, despreparadas, e estais com o sonhado e queira Deus, improvável papel de ‘primeira dama’ do nosso país. 

Me recordo a Princesa Diane, em suas visitas nos lugares mais insalubres e sofridos se misturando as pessoas e crianças, numa brava busca por minorar  tantos  sofrimentos. Serias capaz de tamanho desprendimento? 

Uma Primeira Dama que se prese, deve ser além de uma espécie de rainha, respeitada, e querida pelo povo que representa, ter atitudes nobres e  reais que a confirme como tal!

Não é uma vida de passarelas e salões ‘bajulatórios’, insípidos, efêmeros e volúveis, portanto humanamente inúteis, e aparições espetaculares! Estarias preparada para tanto? 

E caso haja disposição de tentar; o que  poderias ofertar de fato e  real, para o nosso povo além da visão dos caríssimos trajes,  joias, maquiagens e penteados construídos por profissionais  famosos a preços inimagináveis pagos com o dinheiro público,(?)  para os mais simples da população?   

Mas, nem tudo aqui são críticas; não!
Permita-me lhe deixar uma dica: _Ao invés de ocupar-se em tentar (inutilmente) debochar da Dilma _Nossa Legítima e Amada PresidentA: tente aprender com Ela, como ser Elegante, Discreta,Serena, Bonita, Simples, Brilhante,Humana, Honesta e Feliz, sem precisar ser apêndice de homem algum!

Dilma é exemplo vivo para todas nós mulheres! 
Jamais vimos ou ouvimos de sua boca, uma só palavra de deboche vulgar sobre qualquer um de seus obsessivos perseguidores, e detratores; E, eles são muitos, tu bem o sabes! 

Dilma sempre lidou com cada situação, com serenidade, educação, humanidade e, postura altaneira digna de uma perfeita Líder!

 Ela é finalmente a Nossa Diva!

Experimente espelhar-se nela, que só terá a ganhar!


Por Eunice Terra Fomm

sábado, 7 de maio de 2016

ENSINAMENTOS DAS MÃES DE ANTIGAMENTE:






ENSINAMENTOS DAS MÃES DE ANTIGAMENTE:  
Pra lembrar,  e rir. Coisas que nossas mães diziam e faziam... 

Era uma forma, hoje condenada pelos educadores, mas funcionou com a gente e por isso não saímos seqüestrando o (a) namorado (a), calculando a morte dos pais, ajudando bandido a sequestrar a mãe, não nos aproveitamos dos outros, não pegamos o que não é nosso, nem matamos os outros por ai, etc... 

 →Minha mãe ensinou a VALORIZAR O SORRISO...

"ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!" 

Minha mãe me ensinou a RETIDÃO...

"EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!"

→Minha mãe me ensinou a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS...

"SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO PRA FORA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!"  

→Minha mãe me ensinou LÓGICA E HIERARQUIA..

.  "PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?" 

→Minha mãe me ensinou o que é MOTIVAÇÃO... 

"CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA VC CHORAR!" 

→Minha mãe me ensinou a CONTRADIÇÃO... 

" FECHA A BOCA E COME!"

→Minha Mãe me ensinou sobre ANTECIPAÇÃO...

"ESPERA SÓ ATÉ SEU PAI CHEGAR EM CASA!"

→Minha Mãe me ensinou sobre PACIÊNCIA...

"CALMA!... QUANDO CHEGARMOS EM CASA VOCÊ VAI VER SÓ..."

→Minha Mãe me ensinou a ENFRENTAR OS DESAFIOS...

"OLHE PARA MIM! ME RESPONDA QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!"  

→Minha Mãe me ensinou sobre RACIOCÍNIO LÓGICO...

"SE VOCÊ CAIR DESSA ÁRVORE VAI QUEBRAR O PESCOÇO E EU VOU TE DAR UMA SURRA!"

 →Minha Mãe me ensinou sobre GENÉTICA...

"VOCÊ É IGUALZINHO AO SEU PAI!" 

→Minha Mãe me ensinou sobre minhas RAÍZES...

"TÁ PENSANDO QUE NASCEU DE FAMÍLIA RICA É?"  

→Minha Mãe me ensinou sobre a SABEDORIA DE IDADE...

 "QUANDO VOCÊ TIVER A MINHA IDADE, VOCÊ VAI ENTENDER."

→Minha mãe me ensinou RELIGIÃO...

"MELHOR REZAR PARA ESSA MANCHA SAIR DO TAPETE!"  

→Minha mãe me ensinou o BEIJO DE ESQUIMÓ...

 "SE RABISCAR DE NOVO, EU ESFREGO SEU NARIZ NA PAREDE!"

→Minha mãe me ensinou CONTORCIONISMO. ..

 "OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!" 

→Minha mãe me ensinou DETERMINAÇÃO.. .

"VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TODA COMIDA!"

→Minha mãe me ensinou habilidades como VENTRÍLOGO...

"NÃO RESMUNGUE! CALA ESSA BOCA E ME DIGA POR QUE É QUE VOCÊ FEZ ISSO?"

→Minha mãe me ensinou a ESCUTAR ...

"SE VOCÊ NÃO ABAIXAR O VOLUME, EU VOU AÍ E QUEBRO ESSE RÁDIO!"

→Minha mãe me ensinou a TER GOSTO PELOS ESTUDOS...

"SE EU FOR AÍ E VOCÊ NÃO TIVER TERMINADO ESSA LIÇÃO, VOCÊ JÁ SABE!...

" →Minha mãe me ajudou na COORDENAÇÃO MOTORA...

"JUNTA AGORA ESSES BRINQUEDOS!! PEGA UM POR UM!!"

→Minha mãe me ensinou os NÚMEROS...

"VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER VOCÊ LEVA UMA SURRA!"

→Minha mãe me ensinou  a dar PEDALADAS FISCAIS...

"ESSE DINHEIRO TEM QUE DAR PRO LANCHE SEU E DO SEU IRMÃO, ATÉ O FINAL DA SEMANA!”


  Brigadão, Mãe !!!  Eu não virei bandido.. Graças a DEUS na minha época não existia este tal de direitos humanos que não tem nada de humano ou seja deveria chamar direitos aos manos isso sim.


Se vc foi criado assim, compartilhe

sexta-feira, 6 de maio de 2016

CEGO LENDO LIVRO: Ali Babá e os 40 Ladrôes

CEGO LENDO LIVRO: Ali Babá e os 40 Ladrôes: Ali-babá e os Quarenta Ladrões Maria Tereza Cunha CAPITULO 1 ABRE-TE SÉSAMO Numa pequena cidade da Pérsia viviam dois irmãos: Ali-Babá e Ca...

domingo, 24 de abril de 2016

Nossos antepassados e seus majestosos ditos populares!





Nossos antepassados e seus majestosos ditos populares!
Minha vó sempre dizia, ‘que quando se erra na quantidade de ingredientes de uma receita, não adianta tentar remediar’, salvar a comida (risos)...
É mais ou menos isso o que está acontecendo atualmente, isto é, os Golpistas, exageraram, abusaram tanto do comodismo de estarem blindados por grana, influências e cobertura da mídia para atearem fogo na legalidade brasileira, que esse mal feito (crime?), já começa a se voltar contra eles...
Um outro dito popular, que minha vó sempre propalava era o que alardeava que, 'a mentira tem pernas curtas', então, muitos dos que apoiavam o impeachment por diversas razões; revelações, hoje já não o apoiam mais...
E os Golpistas tanto sabem disso, que nunca mais convocaram manifestações de apoio ao Golpe, pois não iria comparecer mesmo quase ninguém, a não ser os Raivosos e Facistas...
Mais um dito muito propagandeado por D. Mariquinha – minha vozinha – afirmava ‘que água mole em pedra dura, tanto bate até que fura’... E a gente, o nosso povo de esquerda, está com amor, doçura e verdades inamovíveis, atraindo para as nossas manifestações e para o nosso lado de defesa da Democracia e essas não param, tão somente crescem, muitas pessoas que antes perfilavam na Paulista, bradando o ‘Fora Dilma’...
O Povo não é burro e de pronto percebeu que todo o enredo da oposição era apenas uma trama hipócrita e sem verdades para atrair simpatizantes, pois que, em verdade, o que eles preparavam era um golpe contra o País e não estavam nem aí para a Corrupção, até porque a maioria deles é investigada e alguns já foram até condenados por Corrupção...
Não precisou muito para o povo de bem perceber, que estava sendo usado, pois não há como alguém em são juízo, aceitar que o País vá parar sob domínio de Temer na Presidência e de Cunha na Vice-Presidência...
Venham sim amados, afinal estarmos em lados separados é coisa da Democracia, todavia, se vocês de coração, querem vir a somar com esses seus irmãos e impedir a promoção desses Facistas e de seu Golpe, serão sim, muito bem-vindos...
Deus salve o Brasil!
Antônio Poeta

IMPRENSA MUNDIAL PODE SALVAR O BRASIL DO GOLP

IMPRENSA MUNDIAL PODE SALVAR O BRASIL DO GOLPE QUE GLOBO E CIA AJUDARAM A DAR", AFIRMA

Por:WANDERSON CASTELAR

Wanderson Castelar
"IMPRENSA MUNDIAL PODE SALVAR O BRASIL DO GOLPE QUE GLOBO E CIA AJUDARAM A DAR", AFIRMA CASTELAR
Em discurso na Câmara Municipal na última terça-feira, dia 19, o vereador Wanderson Castelar (PT) condenou a votação pela admissibilidade do pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, aprovado na Câmara dos Deputados por 367 contra 137 votos.
Segundo o parlamentar, só a mídia brasileira tratou com naturalidade o evento.
"A imprensa mundial - disse Castelar - está fazendo o papel que a nossa se negou a fazer: revelar a trama golpista que levou deputados corruptos a iniciarem a deposição de uma presidente de quem eles próprios reconhecem a integridade".
Castelar citou reportagens das mais influentes publicações e emissoras mundiais.
"Há dois dias do golpe, o New York Times destacava o inusitado da situação brasileira: 'corruptos comandam o impeachment'. Depois da patética e constrangedora votação uma avalanche de críticas e zombarias inundou o noticiário internacional".
"Aos poucos - prossegue Castelar -, o bizarro vai cedendo espaço para a análise mais cuidadosa. Reportagem da CNN, influente emissora americana, interpretou a votação na Câmara como uma manobra de deputados para fugirem das investigações da operação Lava Jato".
O vereador aponta a necessidade da presidenta Dilma levar à Comunidade das Nações Unidas (ONU) mais informações sobre o golpe de estado em curso no Brasil. "É o futuro da democracia no continente que está em jogo neste momento" - afirmou.
Entre outros aspectos, Castelar vem destacando a importância da questão nacional. Ele identifica a presença de interesses estrangeiros na trama golpista.
"Além de nossas riquezas naturais, incluindo os recursos hídricos e as jazidas do pré-sal, este golpe ameaça a soberania nacional. Os governos petistas vêm fazendo grandes investimentos em projetos fundamentais à defesa nacional".
Castelar destaca ações que vão desde a recuperação da indústria bélica, citando o exemplo da IMBEL de Juiz de Fora, e da indústria naval em todo País, à luta por uma maior influência no plano internacional.
"A construção do nosso primeiro submarino nuclear, assim como a aquisição bilionária de caças suecos com transferência de tecnologia representam um salto para nossas forças armadas, algo que nem os governos militares conseguiram. Nunca estivemos tão próximos de conquistar um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU".
Para o vereador, o golpe tem uma dimensão até agora inexplorada. "Não são apenas programas sociais e direitos trabalhistas que estão na mira da 'República dos Canalhas' chefiada por Temer, Cunha e cia, é o projeto de nação soberana e igualitária que esboçamos ao longo de 13 anos de ações bem sucedidas".
Castelar disse ainda que espera que a reação internacional, aliada às crescentes manifestações populares no Brasil, façam o Senado e o Supremo Tribunal Federal impedirem o desfecho previsto pelos governistas.
"Temer não teve votos, nem terá base social para governar, muito menos para colocar em prática seu absurdo plano de governo. A ilusão do impeachment - profetizou o vereador - está se desfazendo como as nuvens no céu".

sexta-feira, 15 de abril de 2016

A revolução silenciosa entre os evangélicos contra os Malafaias e os Felicianos.


A revolução silenciosa entre os evangélicos contra os Malafaias e as Virulêcias Felicianas. Por Carlos Fernandes



Malafaia é o oposto de Cristo
Malafaia é o oposto de Cristo
Malafaia é o oposto de Cristo
Uma revolução silenciosa está acontecendo neste exato momento. Não importa a forma como se apresentam os opressores ou os adornos com que se tentem enfeitar as correntes da opressão. Mais cedo ou mais tarde a razão há de prevalecer e alguma justiça invariavelmente se fará presente.
A utilização da fé de pessoas honestas e bem intencionadas por parte de inescrupulosos cujo único intuito é o de se locupletarem tanto no poder político, quanto na acumulação financeira, é algo tão detestável e desprezível quanto a própria escravidão.
Não é preciso lembrar que o regime escravocrata brasileiro, que ilustres membros da grande mídia nacional tentam vergonhosamente levar a crer que nada tem relação com os elevados níveis de racismo observados no Brasil, era perfeitamente legal e normalmente aceito pela sociedade da época como um direito universal.
Assim também o é com mercadores da fé que movimentam milhões de reais em todo o mundo sob o cínico argumento de que todo o montante arrecadado serve exclusivamente para o “fortalecimento da obra de Deus”. Nada vai mais contra os ensinamentos de Jesus.
O fato é que o escárnio, o desprezo e a desfaçatez com que certos “líderes” religiosos estão tratando a sua própria religião, chegou a um nível tão absurdo que os próprios fiéis já não os enxergam mais como representantes daquilo que eles realmente acreditam e defendem.
Simplesmente não existem mais qualquer motivos que se queiram honestos para que pessoas honradas e decentes sigam as vontades mesquinhas de gente como o Pastor Malafaia, Marcos Feliciano e Eduardo Cunha, que vêem na política e na riqueza, e não na fé, as suas verdadeiras salvações.
Assim deve ser e assim está sendo. Representantes e integrantes de movimentos religiosos protocolaram junto à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, um manifesto em que pedem a saída imediata do Presidente da Casa, Eduardo Cunha. Malafaia, que consegue ver em Cunha um exemplo de honestidade e correção, saiu em defesa de seu pupilo com a sua já peculiar falta de educação e de respeito.
Declarou num post no Twitter, que as pessoas que assinaram o manifesto pertencem ao que ele chama de “Petralhada gospel” e que simplesmente não passam de uma “cambada de hipócritas a serviço do PT”. O que Malafaia não entende é que essas pessoas pertencem a um tipo de igreja que não admite por parte de seus integrantes a prática de crimes e o enriquecimento ilícito fazendo uso inclusive da própria igreja.
Marcos Feliciano, que completa a tríade fundamentalista, está no momento muito ocupado tentando desqualificar o ENEM e uma das maiores pensadoras da era moderna, Simone de Beauvoir. Na sua página no Facebook, o “iluminado” provavelmente criou uma das teses mais estapafúrdias da história para tentar justificar o pensamento feminista e libertador que norteou toda a obra de Beauvoir. Segundo o parlamentar, Simone de Beauvoir só agia daquela forma porque queria ser homem e assim agradar o seu pai.
Com esses três “religiosos”, só Deus na causa mesmo